Acompanhe nas redes sociais

Olá, o que você está procurando?

#Curiosidades

Dúvida: Videogame realmente estraga a TV?

Se você jogava games em consoles na década de 80 e 90 e não ouviu essa, você tem sorte, muita sorte. Eis o mito: videogame estraga a TV. Exigir explicação sobre como “estraga” é pedir demais; como todo mito, ele tem suas perspectivas que, para não perderem a magia, devem permanecer livres de qualquer questionamento. Confira o artigo na íntegra e entenda a origem e explicação!

Videogame Estrega a TV?
Imagem/Reprodução: National Media Museum


Inicialmente, o mito foi utilizado para impedir que você jogasse muito videogame quanto gostaria. Contudo, se você teve sorte, como muitos tiveram, o mito justificou o uso de uma TV só para o videogame. Perfeito para jogar sem que alguém reclamasse que é hora da novela. Eis aí uma hipótese: que alguma criança muito esperta inventou o mito para ter um televisor exclusivo para o videogame. Genial.

A segunda hipótese é que o mito foi inventado por alguma assistência técnica para não prestar o serviço de garantia. A terceira hipótese é que o mito surgiu de pais e mães que estavam preocupados com o futuro dos seus filhos, que passavam tempo demais com os joguinhos eletrônicos. Que coisa, não?

PlayStation Estrega a TV?
Imagem/Reprodução: PostAdsUK

Contudo, queremos saber: quantas pessoas vão cair, ainda hoje, procurando no Google se o videogame realmente estraga a TV? Então deixo alguns pontos a serem analisados: o PlayStation estraga a televisão? O Xbox estraga a TV? O Wii U estraga a TV? A Nintendo tem parceria com fabricantes para estragar TVs?


Não, meu caro leitor. O videogame (vulgo “console”) é só uma fonte de imagem sendo processada para TV. E o que estraga algo – inclusive a TV – é o uso e o cuidado do usuário. Entretanto, há um problema conhecido de televisores com videogames, que é o efeito de “Burn-in“, quando a imagem fica “congelada” na tela como um “fantasma”, literalmente.

Esse problema mencionado só existia em televisores de tubo muito antigos (monocráticos). Em telas mais modernas, as que de fato viram a explosão dos videogames nas décadas de 80 e 90 -, esse problema já era praticamente inexistente.

Problema Burn-in na TV?
Imagem/Reprodução: Wikipédia

O Burn-in só voltou com as TVs de Plasma, mas nem de longe os videogames eram os únicos culpados: as logos identificadores das emissoras, que ficam sempre no canto da tela, também ficaram “queimados” em algumas TVs, conforme mostra a imagem acima, com a logomarca da emissora “CNN”.

E você, o que acha desse mito? Compartilhe a sua opinião conosco!

Escrito por

Meu nome é Juan de Souza, tenho 22 anos, sou empresário, investidor, blogueiro, streamer e podcaster. Comecei o meu primeiro negócio aos 10 anos de idade, utilizando uma conexão discada no Brasil. Fundei negócios como o TFX, Juan de Souza Media, Coliseu Geek, EcoVision, dentre outros.

Comentários

Veja o que recomendamos do Blog do Juan para você:

#Curiosidades

Recentemente, um youtuber com nome e Nick930 produziu um vídeo bastante interessante: um comparativo completo entre Far Cry 5 e o Far Cry 6....

#Curiosidades

Quem é fã de games, com toda certeza acompanhou a evolução dos videogames nos últimos anos, tanto tecnologicamente, quanto visualmente. O console PlayStation foi...

#Curiosidades

Sem dúvidas, o Windows XP foi um dos sistemas operacionais mais icônicos da Microsoft e que trouxeram alterações visuais relevantes. Com cores elegantes à...

#Curiosidades

Você certamente já viu, ouviu ou jogou Just Dance em algum momento, simplesmente um dos jogos mais incríveis existentes, criado e mantido pela Ubisoft....