Resenha: Hotel Transilvânia 2


“Hotel Transilvânia” foi lançado inicialmente para a grande maioria do público, que foi surpreendido positivamente, afinal, um filme que a princípio teria apelo apenas junto ao público infantil acabou indo bem além e conquistou também os adultos. Tudo isso deu-se pela maneira como os monstros foram trabalhados, os mitos foram desconstruídos e inseridos de maneira cômica e moderna, fazendo com que a história fluísse. Contudo, será que a continuação, Hotel Transilvânia 2, conseguiu manter esse ritmo? Descubra em minha resenha!

Resenha: Hotel Transilvânia 2
Fonte da imagem: Sony Pictures

Em Hotel Transilvânia 2, muito do que fez o primeiro filme acaba ficando de lado para promover um tipo de comédia mais episódica, ligados, na maioria das vezes, em momentos do filme do que ao todo. Nesta sequência, o Hotel agora encontra-se disponível tanto para monstros quanto para os humanos.

Dessa vez, Jonathan e Mavis se casam, tem um filho, Dennis, e passam a viver no Hotel, onde também começam a trabalhar. Porém, o tempo passa e Dennis não apresenta nenhuma característica de vampiro, demonstrando ser um humano. Nesse contexto, Mavis começa a cogitar se mudar do Hotel e viver junto da família humana de Jonathan.

Afim de evitar essa alteração, Drácula marca um final de semana para que a sua filha e seu genro passem algum tempo sozinhos, o que pode lhe garantir um longo tempo para tentar despertar o lado “vampiro” em Dennis. Contudo, o resultado é evidente e engraçado.

Hotel Transilvânia 2 Review Detalhado
Fonte da imagem: Sony Pictures

A premissa do filme é simples, assim como a do primeiro longa, mas garante muito material para explorar a nova dinâmica familiar, além de termos mais tempo de filme, com alguns dos monstros que roubaram a cena anteriormente. Entretanto, como já havia dito, a película parece desconexa em algumas partes, que preferiu privilegiar o humor mais simples do que a favor da história.

Ainda assim, a personalidade estipulada para cada personagem continua intacta e temos algumas cenas bem memoráveis (literalmente), como a participação do Fantasma da Ópera e algumas cenas com o clássico Homem Invisível. É um filme que certamente agradará em cheio as crianças, só que dessa vez os adultos terão que se contentar com um pouco menos do que foi visto anteriormente.

Minha Opinião
  • Enredo
  • Elenco
  • Direção
  • Dublagem
  • Trilha Sonora
4.2

Conclusão

“Hotel Transilvânia 2” fez com que o primeiro filme ficasse um pouco de lado para promover um tipo de comédia mais episódica, ligados, na maioria das vezes, em momentos do filme do que ao todo. O novo filme ainda consegue agradar os dois públicos conquistados, isto é, o público infantil e o público adulto. Contudo, não há dúvidas que a Sony Pictures continua mantendo o seu padrão de qualidade. Dessa forma, posso concluir que vale a pena assistir!

E você, o que acha de “Hotel Transilvânia 2”?

Meu nome é Juan, tenho 21 anos, sou empresário, investidor, blogueiro, streamer e podcaster. Com muito orgulho comecei meu primeiro negócio aos 10 anos de idade utilizando uma conexão limitada no Brasil, especificamente numa cidade de interior.