Como era meu Estúdio em 2016?

Tudo na vida tem um começo, e isso é fato. Sobretudo, muitos criam pretextos ou obstáculos onde não existem, sejam para iniciar um novo projeto ou simplesmente realizar um sonho de anos e anos. Pois bem, comigo exatamente no ano de 2016, ano em que estava no Terceiro Ano do Ensino Médio insatisfeito, resolvi realizar um dos meus maiores sonhos de criança: criar um estúdio dentro do meu quarto para realizar minhas pequenas produções com efeitos especiais, no caso, o Chroma Key (fundo verde substituído por um fundo).

Juan de Souza Studio in Brazil
Imagem/Reprodução: Juan de Souza (eu)

Na época, estava residindo e/ou sobrevivendo no Rio de Janeiro (capital), e optei por colocar em prática mesmo com o budget (orçamento limitado), pois estava bem empenhado em tornar a minha empresa, o TFX Startup International, uma excelente empresa cada vez mais, e todas as finanças que eu tinha eu reinvestia em meus projetos para torná-los realidade. Contudo, para realizar esse sonho de também ter um estúdio, tive de utilizar a criatividade aliada aos conhecimentos de edição e lógica de estúdio para fê-lo. De forma bem prática, precisei do seguinte:

Itens Utilizados

  • Pano Chroma Key Verde (comprado);
  • Lâmpadas LEDs USB (comprado);
  • Microfone iPhone 5C (reutilizado);
  • Xioami Mi Power Bank 16.000mAh (reutilizado);
  • Tripé Preto Profissional Vivitar (comprado);
  • Impressão de Personagens Geeks Coloridos da Internet (criatividade);
  • Webcam Logitech C920 Pro Full HD (comprado);
  • Laptop DELL Antigo de Retorno de Imagem (reutilizado);
  • Almofadas nas Portas e Janelas para Isolamento Acústico (reutilizado);
  • Laptop transformado e nomeado de “PC Gambiarra v. Star Wars” (reutilizado);

Bastidores do Estúdio 1.0

Bastidores da Edição em Vídeo

E você, o que achou do estúdio improvisado na época?
Compartilhe nas redes sociais e deixe seus comentários! 🙂

Juan de Souza

Tenho 19 anos, Fundador & CEO do TFX Startup International, uma empresa com produtos, serviços e projetos inovadores. Meu primeiro empreendimento foi aos 10 anos utilizando conexão dial-up (discada).