Review: Spider-Man

O nome dispensa muitas explicações, não é mesmo? Spider-Man (Homem-Aranha, em português) é um grande jogo exclusivo no PlayStation 4. O game é uma experiência única e faz uma grande aposta num mundo aberto repleto de objetivos, presença de personagens famosos e um enredo espetacular, o título busca inovar e acabar de vez com a má reputação de games que são baseados em histórias de quadrinhos. Mas será que o jogo Spider-Man realmente entrega tudo isso? Confira a minha análise completa e descubra!

Português do Brasil - Homem Aranha - Spider Man PlayStation 4 Pro
Imagem/Reprodução: Sony – PlayStation

Vamos começar de forma bem objetiva: a nova aposta foi feita, e o tiro foi certeiro. Spider-Man não é apenas o melhor jogo baseado no personagem, como também pode ser facilmente considerado entre um dos melhores títulos baseados em quadrinhos, especificamente para a Marvel e a Sony. Sem sombra de dúvidas, muito desse mérito parte de um dos quesitos mais delicados: o seu enredo cativante e também a gama de possibilidades que o jogo nos oferece. Praticamente é um entretenimento por horas e horas.

O jogo Spider-Man se propõe a apresentar um Homem-Aranha bem mais experiente. Por essa exata razão, nada de acompanhar a surgimento do personagem, ou seus primeiros passos no combate ao crime ao redor da Cidade de New York. Tudo já começa em um grandioso objetivo de que sobra experiência de vida ao herói, com frequentes diálogos em que o mesmo detalha batalhas passadas ou até mesmo problemas no antigo e polêmico relacionamento com Mary Jane.

Em relação ao enredo, o que eu posso afirmar com total convicção é que o jogo traz uma reviravolta incrível e totalmente marcante para todos. Acreditem se puder, eu já imaginava me encaminhar para o final do game e tive a excelente e incrível surpresa de que tudo estava apenas começando no universo do herói mais conhecido deste planeta. Claro que, por motivos de spoilers, não posso me aprofundar no assunto, mas ser surpreendido desta forma foi uma das melhores experiências com Spider-Man.

Outro aspecto que eu achei sensacional foi justamente para você que é fã antigo do Homem-Aranha, há um elemento adicional que é incrível. Durante toda a trama, Spider-Man faz inúmeras menções a eventos que não são mostrados no game. Eles ocorreram em universos do herói, ou até mesmo em alguma cena dos filmes de Homem-Aranha, como, por exemplo: no exato momento em que um vilão está de cabeça para baixo em uma escada e Homem-Aranha diz: “Devemos nos beijar agora?” – uma nítida e pontual referência a famosa cena com Mary Jane no primeiro longa do herói.

Ainda assim, para aumentar ainda mais a imersão do jogador, Spider-Man conta com uma ambientação sem palavras, toda a Cidade de New York foi devidamente reproduzida de uma forma bem fiel no jogo. Você que já visitou New York em algum momento, ficará impressionado com a fidelidade de detalhes. Lógico que, alguns prédios precisaram ser substituídos por questões claros de contratos, praticamente todos seus inúmeros pontos turístico foram inseridos no game, incluindo o famoso Central Park.

Na minha sincera opinião, nunca um jogo de herói se propôs a ir tão afundo e trouxe uma simulação tão real como em Spider-Man (vulgo Homem-Aranha). E mais do que observar tudo isso, é incrível demais desfrutar de todo esse cenário, passando pelas ruas e lugares escondidos graças aos poderes de Ninja de Spider-Man, já que não há uma característica tão diferenciada do personagem do que seus famosos saltos acrobáticos pendurados em teias sintéticas, com animações diversas – outro ponto interessante.

Em Spider-Man também fiquei bastante impressionado com os movimentos do personagem no game. Durante as várias horas que joguei e transmiti o jogo no YouTube, pude notar a grande variedade de posicionamentos do herói na hora de se deslocar entre as plataformas, bem como das acrobacias aéreas espetaculares, o que mais achei interessante foi uma postura meio inclinada em uma rampa no topo de um prédio. Cada detalhe foi levado em consideração para criar uma experiência ainda mais imersiva. É literalmente incrível!

Em relação ao modelo de combates que é utilizado em Spider-Man, outro grande elogio! Spider-Man conta com uma enorme de combinações de movimentos sequenciais e variados. Para se ter uma ideia, desde simples “quadrado+quadrado+triângulo“, até golpes mais complexos que exigem um tempo de resposta por parte do jogador (confesso que fiquei bem perdido no começo, mas é uma questão de curva de aprendizagem).

Português do Brasil - Homem Aranha - Spider Man PlayStation 4 Pro
Imagem/Reprodução: Sony – PlayStation

Ainda assim, mecânica consegue ser inovadora nesse ponto e entregar, com maestria, resultados impressionantes. E graças também a um sistema de evolução de habilidades – meu recurso favorito, Spider-Man traz um combate diversificado e que permite ao jogador ter amplas opções para derrotar seus oponentes e tenha ainda mais engajamento com o game. Você acumulará pontos que podem ser trocados por habilidades e itens.

Da mesma forma como em vários outros jogos de mundo aberto, Spider-Man traz um leque amplo de missões secundárias e missões principais, onde você decide a prioridade delas. Na prática, posso dizer que essas missões secundárias são fundamentais não apenas para render mais pontos de XP ou até mesmo itens colecionáveis, mas também para complementar a história. A medida com que você avança no enredo, surgem essas novas tarefas na trama, que são bem diversificadas e únicas. Bem legal!

Vale a Pena o Homem Aranha para PlayStation 4 Pro
Imagem/Reprodução: Sony – PlayStation

Em relação a qualidade visual, vulgo os gráficos do jogo, posso dizer que o jogo Spider-Man traz um visual bem detalhado em cada um dos trajes que ele veste, bem como toda a Cidade de New York, assim como os coadjuvantes da trama que trazem várias feições bem realistas e expressões faciais convincentes. Tudo isso graças a um excelente trabalho de captação de movimentos em cima de atores reais, que na prática pode parecer simples do ponto de vista do jogador, mas requer um cuidado e um trabalho enorme.

Assim como outros jogos parecidos, Spider-Man conta com alguns problemas pontuais, que vou destacar agora. O principal deles, na minha opinião, é justamente pela forma com que boa parte das missões são aplicadas no jogo. Independente da situação, basicamente todas elas levam a um mesmo desfecho previsível: um combate contra uma horda de inimigos e salvamento de pessoas e lugares específicos da Cidade de New York.

Para alguns jogadores, talvez isso pode se tornar algo bem desgastante de acordo com a forma com que você encara essas atividades. A dica nesse caso é tentar juntar ou variar com as missões secundárias que mencionei anteriormente, como, por exemplo: fotografias de pontos turísticos ou missões de pesquisas, com as missões principais. Por essa razão, a aplicação de missões secundárias foi uma boa estratégia adotada no jogo.

Minha Opinião
  • Gráficos
  • Interface
  • Diversão
  • Jogabilidade
  • Funcionalidades
5

Conclusão

Spider-Man é um game que, na minha opinião, supera todas as expectativas e chega não apenas como um dos melhores jogos de heróis, mas como talvez um dos melhores jogos exclusivos do PlayStation 4. A proposta é justamente tornar a experiência em um mundo aberto repleto de referências ao universo do personagem nos quadrinhos, e uma jogabilidade que dispensa comentários adicionais, o game se torna com certeza um grande motivo para se ter um PlayStation, além de ser obrigatório para os fãs do Homem-Aranha. Vale a pena!

E você, o que acha de Homem Aranha (vulgo Spider-Man)?

Meu nome é Juan, tenho 20 anos, sou empresário, investidor, blogueiro, streamer e podcaster. Com muito orgulho comecei meu primeiro negócio aos 10 anos de idade utilizando uma conexão limitada no Brasil, especificamente numa cidade de interior.